Dilma apoia o novo teto para o Supersimples

RS vai preservar benefícios do Simples Gaúcho mesmo após mudanças nas regras do Supersimples

Mesmo com as mudanças nas regras do Supersimples (Simples Nacional) que passam a vigorar a partir de janeiro de 2018, o governo do Estado está determinado a manter os benefícios adicionais para as micro e pequenas empresas que estão enquadradas no Simples Gaúcho.  Na proposta que o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, apresentou às principais entidades empresariais do RS,
Dilma apoia o novo teto para o Supersimples

Receita estima perda de R$ 1,8 bilhão por ano com novo Super Simples

O Senado deve votar nesta 3ª feira (14.jun), com apoio do Palácio do Planalto, o projeto que reestrutura o Simples Nacional, também conhecido como Super Simples. Esse sistema de tributação facilita o pagamento de impostos pelas micro e pequenas empresas. Com a aprovação da medida, a Receita Federal calcula arrecadar R$ 1,8 bilhão a menos por ano a partir de 2017.

Governo altera regras do programa Super Simples

Em busca da credibilidade perdida na área fiscal, o governo Dilma Rousseff decidiu fechar o cofre até mesmo em projetos sociais, tema central para o PT. Nesta terça-feira (29), o governo conseguiu derrubar um dos pontos mais importantes do projeto de lei que altera as regras do programa Super Simples, que simplifica o regime tributário para micros e pequenos empresários.

Definição sobre o limite do Simples em 2014

Até ontem, apenas 13 estados e o Distrito Federal já haviam adotado o limite máximo de receita anual para o Simples Nacional (Super Simples), que é de R$ 3,6 milhões. No entanto, até o dia 31, 13 estados das Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste deverão definir o limite de receita anual que irão adotar em 2014 para o Super Simples.

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH