Topo_importância do E-CAC

Qual a importância de monitorar seus clientes no e-CAC?

Todos os dias passam pelos escritórios contábeis diversos documentos de várias empresas. Se não houver uma boa organização é possível que algo se perca. E, com tanto volume, nem sempre é possível monitorar todos os clientes em tempo hábil, o que aumenta o risco de não se obter uma Certidão Negativa de Débitos ou até mesmo de algum cliente sofrer autuações fiscais.

fiscalização (10)

AM: Monitoramento Simples Nacional

A Sefaz/AM vem promovendo ações de monitoramento visando à identificação de erros, omissões e outros eventos que possam acarretar pagamento a menor ou sonegação fiscal por parte dos contribuintes enquadrados no Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – SIMPLES NACIONAL.

Análise 3

Receita e Fazenda Nacional vão monitorar bens de empresas

A dilapidação de patrimônio por empresas que questionam administrativamente autuações recebidas pela Receita Federal está na mira da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e da Receita Federal. A situação econômica das companhias será acompanhada por grupos de atuação especial no combate à fraude à cobrança administrativa e à execução fiscal (Gaefis) que têm integrantes dos dois órgãos e estão sendo estruturados desde outubro. O trabalho começará no próximo ano.

Tecnologia

RS: Receita Estadual prepara novo salto nas relações com contribuintes

A emissão da primeira NF-e em setembro de 2006, de fato, abriu um leque de possibilidades de atuação da Receita Estadual que tende a se expandir por muito tempo. Da validação de pouco mais de 86 mil documentos fiscais no primeiro ano e na venda apenas entre empresas daqui, hoje a Receita Estadual está perto de chegar a 1,3 bilhão de NF-e de empresas gaúchas e mais 3,08 bilhões de notas eletrônicas de outras partes do país.

simples

AM: Monitoramento Simples Nacional

A Sefaz/AM vem promovendo ações de monitoramento visando à identificação de erros, omissões e outros eventos que possam acarretar pagamento a menor ou sonegação fiscal por parte dos contribuintes enquadrados no Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte SIMPLES NACIONAL.

foco

Receita Federal monitora redes sociais para evitar sonegação

No Brasil, sonegação é crime, prevista na Lei 8.137/90. Porém, apenas não pagar o tributo não é sonegação, não é crime. “A sonegação consiste no não pagamento do tributo com o uso de artifícios fraudulentos. É o caso, por exemplo, do contribuinte que faz uma venda por um valor, mas faz constar dos documentos correspondentes um valor menor, apenas para pagar menos tributos. A fraude, a ocultação de fatos, a adulteração de documentos, são elementos essenciais à configuração do crime, ao lado do não pagamento do valor devido”, explica Segundo.

tecnologia (6)

ICMS-RS: Processo de fiscalização fisco gaúcho poderá examinar dados bancários de contribuinte

Através do Decreto nº 53.143/2016 – DOE RS de 27.07.2016, os contribuintes gaúchos que estiverem sendo fiscalizados poderão ter seus dados bancários examinados pelo Fisco quando tal medida for considerada indispensável ao processo de fiscalização.

clientes

PB: Receita Estadual passa a monitorar diariamente faturamento das empresas do MEI

Representando cerca de 60% das empresas com inscrição estadual da Paraíba, a Secretaria de Estado da Receita passou a monitorar, diariamente, os Microempreendedores Individuais (MEI) que emitem documentos fiscais acima do limite anual de faturamento, que, por lei, é de R$ 60 mil. A gerência executiva de fiscalização da Receita Estadual implementou, por meio de uma portaria,

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH