Topo de artigo_tributos

Critérios para a criação de um imposto seletivo preocupam setores econômicos

Setores econômicos, em especial aqueles ligados à indústria nacional, e tributaristas ouvidos pelo JOTA mostram-se preocupados com as discussões sobre como funcionará o imposto seletivo em uma eventual reforma tributária no Brasil. Na análise desses grupos, as principais propostas trazem limitações, seja porque são amplas e podem abrir um extenso leque de setores passíveis de serem tributados,

tributos

FMI recomenda aumentar imposto dos mais ricos para países saírem da crise

Os reflexos financeiros e sociais da crise mundial causada pelo novo coronavírus, ainda devem ser sentidos por muito tempo e, por isso, os governos dos países mais afetados devem continuar a ajudar os mais vulneráveis.

Mas, diante de uma maior pressão sobre os recursos limitados, o Fundo Monetário Internacional recomendou, nesta quarta-feira (14),

Reforma tributária

Prefeitos querem que reforma tributária inclua imposto para iate e jatinho

A reforma tributária foi o tema da reunião geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) que ocorreu virtualmente na manhã de hoje. “É fundamental aprimorar a tributação sobre patrimônio, renda e herança, como, por exemplo, cobrar imposto sobre a propriedade de iates e jatinhos”, destacaram as lideranças em carta divulgada agora há pouco.

O grupo analisou as propostas atuais,

Reforma tributária

Reforma tributária não trará aumento de imposto, reforça Guedes

A reforma tributária não trará aumento da carga, disse nesta segunda-feira (14) o ministro da Economia, Paulo Guedes, durante o webinário “A visão municipalista da reforma tributária”, promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

“Vamos fazer troca de bases, redução e simplificação de alíquotas, mas sem aumento de imposto”,

PLANALTO

Governo diz que imposto que substituirá o PIS e Cofins não é preciso

Em nota técnica enviada ontem à Câmara dos Deputados, o Ministério da Economia admitiu que o cálculo que estabeleceu a alíquota de 12% para Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) , que pretende substituir o PIS e Cofins na proposta do Executivo para Reforma Tributária, não é completamente preciso.

Além disso, no comunicado,

Topo de artigo_tributos

Câmara analisa imposto sobre grandes fortunas com alíquota de 2,5%

Está em tramitação na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei Complementar 215/20 que institui o Imposto sobre Grandes Forturnas (IGF), com alíquota de 2,5% sobre o valor dos bens de pessoas físicas ou jurídicas que tenham patrimônio líquido superior a R$ 50 milhões.

De acordo com o texto, o novo imposto se aplica a imóveis para uso pessoal como:

  • Residência ou lazer com valor acima de R$ 5 milhões;
Topo de artigos_camara dos deputados

Projeto cria imposto sobre grandes fortunas com alíquota de 2,5%

O Projeto de Lei Complementar 215/20 institui o Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF), com alíquota de 2,5% sobre o valor dos bens de pessoas físicas ou jurídicas que tenham patrimônio líquido superior a R$ 50 milhões. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

O novo imposto se aplica a imóveis para uso pessoal como residência ou lazer com valor acima de R$ 5 milhões;

MEI

MEI: Emissão de nota fiscal gera imposto para categoria?

Qualquer empresário que abre um negócio precisa lidar com o pagamento de diversos impostos. Alguns deles estão relacionados a Nota Fiscal (NF), que é o recibo obrigatório que precisa ser emitido após a finalização de qualquer transação de venda ou serviços.

A quantidade varia dependendo da atividade que a empresa exerce no mercado,

CAMARA_DOS_DEPUTADOS

Confederação da Indústria defende criação de imposto para o comércio eletrônico

O presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Andrade, defendeu, em encontro virtual promovido pela Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária na semana passada,  a criação de um imposto que atinja todo o comércio eletrônico, como propõe o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo Andrade, algumas plataformas de músicas e filmes faturam bilhões de reais e não sofrem tributação. 

tributos

Novo imposto de Guedes pode arrecadar mais que antiga CPMF

O imposto sobre transações financeiras elaborado pelo ministro Paulo Guedes (Economia) pode ter arrecadação até mesmo superior à da extinta CPMF.

Como estratégia política, o governo tem propagado o discurso de que estuda a criação de um “microimposto digital”, mas os dados mostram que o novo tributo poderia arrecadar mais que o antigo.

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH