Mantida multa bilionária da Receita à CSN

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) manteve autuação bilionária aplicada pela Receita Federal à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A empresa, segundo o Fisco, teria deixado de recolher impostos sobre o ganho de capital resultante da venda de 40% da Namisa. Originalmente, a autuação era de R$ 6,3 bilhões, mas foi reduzido a cerca de R$ 4 bilhões. Ainda cabe recurso. Procurada, a companhia não se pronunciou. Em 2008, a CSN comunicou a venda de 40% da Namisa por US$ 3,12 bilhões, mas na declaração do Imposto de Renda informou ter oferecido à tributação apenas R$ 87,56 milhões a título de receitas advindas da venda de bens e investimentos.

Fonte: Valor Econômico

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH